Sobre como uma Kombi furgão está se transformando num camping móvel. E outras curiosidades sobre Kombis.

sábado, abril 22, 2006

Forração interna

O trabalho de forração levou cerca de duas semanas. O capoteiro mostrou que, embora nunca tinha feito o tal serviço antes, tem a manha.

O primeiro passo foi a mudança no piso. Para deixá-lo reto, uma placa de compensado foi arrebitada. Sobre ela, uma camada de plástico cinza, para deixar tudo bem mais fácil de limpar.

Nas laterais e nas portas foram usados moldes do material duratex, todos cobertos com curvim, também cinza.

No teto, o material antigo, que só cobria a cabine do motorista, foi substituído por um novo, que combinou com o resto e, pelo menos na minha avaliação, ficou muito bom. Vejam o resultado.






Reparem que no local onde estava o estepe (atrás dos bancos) a forração escondeu bem o buraco que ficou na lataria.

Nos bancos, o vinil original foi substituído pelo material do estofado do Gol G3. Simples, discreto e combinando com o resto da forração.



Creio que estamos indo na direção correta.

3 Comments:

Anonymous viniciusmendonca@gmail.com said...

Cara meus parabens tah ficando muito show tua kombi..um dia pretendo fazer uma dessas, abraço

11:50 AM

 
Anonymous Anônimo said...

CARA TUA KOMBI FICOU SHOW MUITO LINDA MSEMO,GOSTARIA DE SABER QUE MATERIAL PLASTICO VC USOU NO ASSOALHO POR CIMA DO COMPENSADO E SE NAO RASGA FACIL

1:49 PM

 
Anonymous cicero tonzi said...

Parabens pela atitude que voce tomou meu amigo,Hoje tudo esta muito caro para mandar restaurar ,Voce deu a cara e mostrou como é facil de se faser ,vou comprar omaterial e reformar a komboza e depois vou postar as fotos OK? Valeuuuuu....

1:03 PM

 

Postar um comentário

<< Home